segunda-feira, 25 de agosto de 2008

paraiso

....e 5feira como prometido la fomos nós ao paraiso (ESPOSENDE)
pois, parece k é mesmo verdade, eu sou uma poveira apaixonada por esposende....terra mais linda... e arrankei a minha T. uma vez mais para la...
Desta vez era de tarde e fomos com um destino definido... o tempo nao estava la muito bom, mas o paraiso é bonitu ate com nuvens... Fomos la tratar de umas coisinhas ki eu tinha a tratar, e depois fomos como é obvio, aproveitar o resto da tarde na marginal... Foi uma tarde optima... tivemos a tirar fotos...lindas, diga-se ja de passagem, e para tornar a tarde ainda melhor estive a falar com o meu amor por telemovel... durante 3 minutinhos e meio, k parecem pouco, mas é muito melhor que nada.. e a seguir fomos lanchar (as 19:30h XD ) mesmo a 2 metros do rio, com o sol a por-se...
Conhecem paisagem mais bonita que esta? Simplesmente lindo... na companhia dos dois palermas de sempre XD mas sempre engraçados vah, tirando as piadas secas...
bem.. mas aki fikam umas fotos do paraiso... e recomendo a visita.... bjinhuuuuz



Esposende, antiga estação naval, fortaleza marítima, estaleiros medievais, aparece-nos nas inquirições de 1258 como povoação «Esposendi», e pertencente à Freguesia de S.Miguel de Cepães. No séc.XVI, já D.Frei Bartolomeu dos Mártires reconhecia o seu interesse pastoral (1560) e D.Sebastião dota aquela «pobra» de pescadores como Vila, em 19 de Agosto 1572 através da
Carta Régia.

O Concelho de Esposende situa-se no Norte de Portugal, no Minho, pertencendo ao Distrito de Braga. Deste distrito, com 13 concelhos, é o único com território litoral. Limitam-no a Norte o concelho de Viana do Castelo, a Sul o da Póvoa de Varzim, e a Nascente o de Barcelos. O Oceano Atlântico banha-o a Poente numa extensão aproximada de 14 Km. O seu território estende-se por uma área de 95,18 Km2, representando 3,41% da área total do Distrito de Braga. É atravessado pelos rios Cávado, mais a Sul, e pelo Neiva a Norte.
A maior parte dos povoados do concelho, cujo povoamento remonta aos tempos pré-históricos, tem a sua origem ligada ao aproveitamento agrícola dos campos, pesca e recolha de plantas marinhas. Admite-se que Fão seja de origem celta e tenha constituído uma grande cidade e um importante porto no tempo do domínio romano. Apúlia parece ter origem romana (o seu núcleo litoral nasceu com o aproveitamento dos terrenos arenosos e com a pesca), da mesma forma que se aponta como possível que na sede do concelho/ Esposende, vila desde 1572, tenha havido um povoado romano. Sinais de salinas, da época medieval, foram encontrados na foz do Neiva e em S.Bartolomeu do Mar.
O Concelho de Esposende possui um rico patrimónioque reúne alminhas, igrejas, moinhos de vento, castros, azenhas, casas solarengas, um passado de arte que convida a descobrir. Para além de um conjunto assinalável de monumentos que nos conduzem desde épocas pré-históricas até aos confins da Idade Média, é a partir do séculos XVI, com forte incidência na era setecentista, que Esposende vê o seu território ocupado por belos e interessantes monumentos representativos do nosso património civil, militar e religioso. São sinal de uma pujança económica cuja base representa a caminhada farta do ouro do Brasil que em grande parte transformou a paisagem concelhia.
O desenvolvimento industrial do concelho é um fenómeno recente coexistindo com uma agricultura maioritariamente tradicional, surgindo já algumas empresas de cariz moderno viradas para a exploração agro-pecuária. Segundo o PDM, o Produto Agrícola Bruto, é predominantemente de origem vegetal (63,8%) e animal (32,6%) sendo a contribuição florestal muito reduzida (3,3%). Saliente-se que a área agroflorestal representa 38,2% da área total do concelho.


E que me dizem do paraiso?????

3 comentários:

Zabour disse...

bom dia, alegria!
Bem giro, esse pedacinho de céu!
Não conheço!Aliás eu de norte conheço pouca coisa, é mais centro e sul.
Hei-de dar aí uma voltinha, tb gostava de poder mostrá-lo ao meu habibi!
Bjokas

pieces of me (Luna) disse...

zabour:
Hum...sou da opiniao de que..antes de irmos la para fora..porke nao conhecer o que ha dentro do nosso jardim a beira mar??
Um dia quando puder, quero ir a guimaraes, berço da nossa naçao, ja passei por la umas vezes, mas nao passaram disso mesmo, passagens...
Quero ver com os meus olhinhus de onde surgimos.. que tal a sugestao?
bjinhuu linda

Zabour disse...

Pois, tb não conheço!Como te disse centro e sul conheço bem ,mas norte nem por isso. Mas parece-me bem, pela imagens k vi Guimarães deve ser lindo. Vou a Viana do Csatelo um destes fds de Setembro, rever uns amigos k conheci na minha viagem à Tunisia.
A Tunisia é um país maravilhoso para nos encontrarmos a nós mesmos, acho k ias gostar. Ainda lá havemos de ir um dia...nunca se sabe...talvez por isso encontrei lá o amor da minha vida...
Para o ano vou tentar ir à Croácia.
Por enquanto dedico-me mais a ir lá fora, as voltas cá dentro parecem-me sempre perto demais.

bjokas