terça-feira, 3 de março de 2009

O metropolitano do porto adere a novas modas

Pois é minha gente.
Estamos cá é para inovar!
Qual referendo sobre homossexuais, que novas televisões plasma, que novas cores, qual que? Nada disso...
O metro do porto inovou, e quando é para inovar, inova-se tendo em foco o que está a dominar a actualidade. Ainda não adivinharam?
Pois é, eu também não sabia antes de ver com os meus próprios olhos.
O metro do Porto inovou em relação à crise.
Pois é meus amigos, novas épocas, novas modas.
E com isto quero eu dizer que está uma pessoa no metro as 7h da manhã, a tentar não ter sono e a morrer de frio, quando na estação seguinte entram dois indivíduos (entre os seus 16-21 anos), com cara de mafiosos, que é para não dizer gunas (ops, disse), a rirem-se feitos perdidos, e a terem uma conversa sem lógica alguma. Entretanto o metro começa a andar, e passa-se a situação seguinte: Um dos indivíduos encosta-se a um canto, enquanto que o outro (e prestem atenção que é agora que se efectua a inovação) dirige-se a um individuo de sexo masculino da sua faixa etária e profere as seguintes palavras: "brother, arranja-me ai cinquenta cêntimos", ok, até aqui tudo normal, pensei eu que poderiam ser amigos, conhecidos, familiares, sei lá. Até que o nosso amigo se dirige a todos os indivíduos de sexo masculino da sua faixa etária presentes naquele metro com a mesma frase: "brother, arranja-me aí cinquenta cêntimos". Foi aí que eu deixei de ver o nosso dito "brother", e pensei, bem, com a crise que está os peditórios já inovaram, e agora também se efectuam em metros em andamento. Olhei pela janela, estava um sol daquelas manhas geladas...e continuei a contemplar o caminho que já conheço de olhos fechados. até que um PUMM me importuna. Pois é, parece que o nosso brother que estava encostado decidiu passear as perninhas e ia caindo, que é pra não dizer malhando (ops, again). Voltaram os dois Brothers ao ponto em que estavam quando entraram, e no maior dos descaramentos começam a contar o dinheiro. "sete e meio", diz o nosso pedinte a alto e bom som, "ainda faltam dois e meio, vou já pedir a alguém".
Pois é gente, concluímos que a "moka" de manhã faz mal. Mas pior é fazê-la durar o dia todo...

6 comentários:

Bloguótico disse...

Bem... levar com "brothers" desses às 7h da matina é dose! É a crise em andamento! lool

Ninja! disse...

Txei que mocada esses dois brothers deviam ter...

Miss Kitty disse...

Xiiii E eu que também sou do Porto! Não posso andar com moedas de 50cênt! lol

BJS*

pensamentovadio disse...

è por estas e por outras que eu vou po Porto de comboio lol k moca!

SanteagO disse...

aiai esse metro do porto é sempre do melhor.

tenho saudades disso. agora como com o de lisboa e os ceguinhos a pedir. depois vais para a margem sul e ves os mesmos ceguinhos que vivem na costa da caparica, com dinheiro, razoavelmente bem vestidos e com um bom telemóvel.

Referindo o Bloguótico: "É a crise em andamento!"


Tenho um novo espaço, http://anotherschizomaniaco.blogspot.com

*

pieces of me (Luna) disse...

Bloguótico: nem eu diria melhor: Crise em andamento!..lol...

Ninja!: acredita!!

Miss Kitty:Descansa, é so dirijido a individuos do sexo masculino =) ufa!

pensamentovadio: eu já nao sei se é pior o metro ou o comboio..lol

SanteagO: Sim, eu conheço esses ceguinhos, costumam passear aqui no centro da cidade com roupas velhas..lol